Um Gesto de Amor.

Título: Um Gesto de Amor
Páginas: 142
Autor: Tony Ferr (cortesia da mesma)
Ano: 2014
Editora: Amazon
Adicionem: Skoob
Sinopse: Decidida a não se apaixonar por mais ninguém, Liza, vê sua promessa ameaçada ao conhecer André o professor do seu filho. Tudo começa a mudar quando seu filho cria uma forte relação de amizade com André, que tenta de todas as formas preencher o vazio paterno naquela criança. Após entender que esse homem deve fazer parte de sua vida, Liza sente que está na hora de recomeçar sua história. Esta relação é ameaçada pelo ciúme de seu melhor amigo Fernando, que luta pelo seu coração há quatro anos. Mas André está disposto a não perder essa luta. Liza procura seguir seu coração e os conselhos de sua melhor amiga, Sofia, mas percebe que não é tão fácil a escolha que deve fazer. Tentando de todas as formas não ferir o coração de ninguém, faz sua escolha trazendo consequências capazes de desmoronar tudo aquilo que desejou. Amor, amizade, perdão e destino serão testados e somente Um Gesto de Amor será capaz de resgatar tudo aquilo que Liza imaginou estar perdido. Então... o que você faria por alguém que ama?

Oie pessoal!


Hoje trago a resenha do livro Um Gesto de Amor, do autor Tony Ferr, lançamento, junho de 2014, pela editora Selo Jovem, cortesia do autor para leitura crítica (pdf).

O livro é emocionante do início ao fim. Quando o lemos, conseguimos nos identificar com os personagens, tanto pela parte amorosa, quanto pela relação de amizades verdadeiras – pois no livro, vemos uma situação envolvendo Liza, onde paramos para pensar se quem consideramos amigos, realmente são! Ou se são simplesmente pessoas a quem devemos considerar somente como conhecidos!

Bom uma pequena introdução para vocês, agora partindo para a resenha! Espero não me entusiasmar demais e acabar dando muitos Spoilers!

O livro conta a história de Liza, uma modelo que tinha tudo para ser famosa e brilhar nas passarelas, mas no momento em que ela se casa e tem Bruno, seu filho, ela desiste da carreira para se dedicar à família.

Todavia com a morte de seu marido, Liza se muda com o filho para Curitiba, onde começa a trabalhar em um jornal local.

Passando o tempo e já fechada para romances, Liza – a meu ver – se torna uma mãe dedicada sim, mas também um pouco neurótica.

E fica ainda mais, quando vê que Bruno – agora com cinco anos –, se apega ao professor. Mas o que mais mexe com ela, é saber, ou melhor, sentir que algo há muito tempo adormecido desperta nela. Trazendo dúvidas para sua vida agitada!

O livro mexe conosco, ele nos mostra o sofrimento familiar em momentos complicados, como por exemplo, uma doença grave entre os familiares.

Pela primeira vez li um livro, no momento em que ele era revisado, reescrito, revisado, reescrito e assim por diante, vi nesses momentos o quão difícil é escrever um livro, divulgá-lo, publicá-lo e deixá-lo perfeito para os leitores.

O autor tem uma narrativa ótima de se acompanhar, ele nos leva para dentro do livro e não tem quem nos tire de lá! 

Eu muitas das vezes, enquanto corrigia o livro, me perdia dentro da história e me esquecia de corrigi-lo, muitas e muitas vezes, tive que voltar às páginas para relê-las novamente para a correção!

Uma das coisas que eu amo nos enredos do autor é que ele vai direto ao assunto, às vezes, ele exagera nas descrições, mas quando vemos, suas descrições complementam alguma cena importante, algum argumento dos personagens e assim por diante.

Digo mil vezes se for preciso, mas o autor é o Nicholas Sparks misturado com o John Green, em suas descrições, nas emoções que tanto seu livro quanto seus contos nos passam.

Despois de muito tempo, chorei lendo um livro, é muito difícil eu me emocionar lendo, mas quando li Um Gesto de Amor, não aguentei e chorei! 

É uma história encantadora do início ao fim! Não tem o que tirar ou colocar!

Então indico esse livro principalmente para os fãs do Nicholas e do John, pois vocês não irão se arrepender!

Espero que se emocionem e gostem desse livro, tanto quanto eu gostei!

Até uma próxima!

Bjs, Nay =D