Assassinato na Torre Eiffel

Título: Assassinato na Torre Eiffel 
Série: Victor Legris
Volume: 1
Páginas: 256
Autor: Claude Izner
Ano: 2014
Editora: Vestígio (cortesia da mesma)
Compre: Submarino - Americanas - Saraiva 
Adicionem: Skoob
Sinopse: Como inúmeros visitantes do mundo inteiro, Victor Legris, livreiro da rua dos Saints-Pères, está a caminho da Exposição Universal, onde a torre Eiffel, recentemente inaugurada, é a verdadeira estrela. Nesse início de verão de 1889, os parisienses têm dificuldade para circular na multidão aglutinada entre as barracas coloridas, nos corredores invadidos por riquixás chineses e adestradores egípcios. No primeiro andar da torre, Victor vai se encontrar com Kenji Mori, seu sócio, e seu amigo Marius Bonnet, que acaba de lançar um novo jornal, o Passe-Partout. Mas o encontro é subitamente interrompido: uma mulher acaba de morrer, vítima de uma estranha picada. A partir daí, tem lugar uma série de mortes inexplicadas que vão marcar a vida de Victor Legris como investigador e fazer você mergulhar na capital dos impressionistas.

Oie, pessoal! Tudo bem?

Hoje trago a resenha do livro Assassinato na Torre Eiffel, do autor Claude Izner, lançado pela editora Vestígio.

Bom, todos sabem que quando dá a louca eu leio livros policiais ou de suspense certo?

Então quando eu li esse livro, foi bem nesse momento, bati o olho na capa e na sinopse e logo quis lê-lo!

Logo de no início da trama, conhecemos varias vítimas de uma simples picada de abelha, são picados e morrem logo em seguida, deixando Victor – por assim dizer – com uma pulga atrás da orelha, pois uma das vítimas seria sua cliente.

O livro se passa em Paris, como o título já sugere, na época de 1889 – o que significa vestidos deslumbrantes e com espartilhos (sim eu amo esses vestidos), mas continuando...

... Em relação à narrativa eu há achei um pouco lenta e como não me dou bem com essas narrativas acabei sofrendo um pouco para ler.

Talvez ela seja assim por causa de todos os detalhes que envolvem a trama, e é claro tirando o bom suspense com que o livro nos presenteia, ele nos traz um pouco de história e arte. Uma das coisas que eu mais amei nesse livro!

Nosso querido personagem principal por mais que seja perspicaz em suas investigações, se prova um grande homem apaixonado quando está ao lado de Tasha – gostei do nome. *--*

Sua diagramação é maravilhosa, encontramos poucos erros no decorrer da trama, e sinceramente quem é que não se apaixonou por essa capa incrível da Torre Eiffel!

Enfim, espero que se encante com esse livro e com o mistério que o envolvem, e se apaixonem com o romance presente no enredo.

Espero que gostem do livro tanto quanto eu, e quem já o leu me contem o que acharam!

Até uma próxima,
Bjs, Nay =D