A Teoria de Tudo

Título: A Teoria de Tudo
Páginas: 447
Autor: Jane Hawking
Ano: 2014
Editora: Única (cortesia da mesma)
Compre: Submarino - Americanas - Saraiva 
Adicionem: Skoob
Sinopse: A história de Stephen Hawking é contada pela luz da genialidade e do amor que não vê obstáculos. Quando Jane conhece Stephen, percebe que está entrando para uma família que é pelo menos diferente. Com grande sede de conhecimento, os Hawking possuíam o hábito de levar material de leitura para o jantar, ir a óperas e concertos e estimular o brilhantismo em seus filhos entre eles aquele que seria conhecido como um dos maiores gênios da humanidade, Stephen. Descubra a história por trás de Stephen Hawking, cientista e autor de sucessos como Uma breve história do tempo, que já vendeu mais de 25 milhões de exemplares. Diagnosticado com esclerose lateral amiotrófica aos 21 anos, enquanto conhecia a jovem tímida Jane, Hawking superou todas as expectativas dos médicos sobre suas chances de sobrevivência a partir da perseverança de sua mulher. Mesmo ao descobrir que a condição de Stephen apenas pioraria, Jane seguiu firme na decisão de compartilhar a vida com aquele que havia lhe encantado. Ao contar uma trajetória de 25 anos de casamento e três filhos, ela mostra uma história universal e tocante, narrada sob um ponto de vista único. Stephen Hawking chega o mais próximo que alguém já conseguiu de explicar o sentido da vida, enquanto Jane nos mostra que já o conhecia desde sempre: ele está na nossa capacidade de amar e de superar limites em nome daqueles que escolhemos para compartilhar a vida. O livro que inspirou o emocionante filme A Teoria de Tudo.
Oie pessoal! Tudo bem?

Hoje trago a resenha do livro A Teoria de Tudo, da autora Jane Hawking, lançado pela editora Única, cortesia da mesma.

Bom, por onde começar?

Já havia lido muitas coisas sobre o casamento da Jane e do Stephen, coisa como, por exemplo, de ele ser um cara complicado de se lidar, de não gostar de ser tocado etc.

E muitas coisas que eu já havia lido aparecem no livro, não com as mesmas palavras, mas mostrando que aquilo que poderia ser uma “fofoca” era real.

O relacionamento da Jane e do Stephen em minha opinião foi algo mais de aparência do que romance.

Não sei como as coisas aconteceram na realidade, se ele segue a risca o livro ou se a autora omitiu algumas partes.

Mas por exemplo, quando namoramos ou casamos é normal rolar uns beijos certo?

Well, não sei se a autora não quis descrever a cena, mas as cenas de beijo ou qualquer insinuação a isso não acontece.

Stephen e Jane parecem ser bem distantes um do outro, ela até pode amar ele e ele a ela, mas no momento em que seu parceiro não aceita seus gostos e chega a lhe humilhar em publico, creio eu que já deixa de ser um relacionamento amoroso.

Muitas e muitas vezes Jane descreve cenas em que Stephen a humilha por ela gostar de coisas que não o agradam, ou criticar alguém que ela admira porque ele não gosta da pessoa.  

Eu particularmente amo biografias, histórias baseadas em fatos reais etc, mas esse livro você começa a ler ele e o devora por uma semana no máximo e a partir daí você já começa a se cansar da narrativa ele tem altos e baixos, é um livro complexo de se ler sim, mas creio eu que faltou um pouco de animo na narrativa.

Pode ser que o livro tenha sido escrito com o intuito de desabafar, contar como foi o casamento entre os dois, simplesmente não sei, só sei que foi bem complicado de ler esse livro.

Comentei muitas vezes com blogueiros e leitores que me disseram a mesma coisa em relação ao livro, e espero que o filme seja um pouco melhor em relação a enredo da história.

Tenho amigos que assistiram a esse filme e falaram muito bem, tanto pelos trailers, quanto pelo premio que o ator recebeu no Oscar, provam que o filme é bom.

Enfim, foi um livro interessante de se ler, mas que eu não retomaria a leitura muito em breve, para quem ama narrativas lentas eu indico esse livro, e para quem assistiu ao filme, talvez consigam seguir a leitura mais rápido do que eu.

E falando nisso, não sei vocês, mas quando li esse livro, consegui imaginar direitinho o Eddie Redmayne como o Stephen e a  Felicity Jones como a Jane.

Enfim, espero que gostem desse livro e quem já leu deixe sua opinião!

Até uma próxima,

Bjs, Nay =D

9 comentários:

  1. Oi Flor! Já vi o filme e adorei, conseguimos sentir uma essencial nele sem igual. Não sei se no livro passa o mesmo sentimento! Teria que ler para ter certeza!

    Beijos,
    Joi Cardoso
    Estante Diagonal

    ResponderExcluir
  2. Estou louca por esse livro! Não vi o filme, não pretendo ver antes de lê-lo, pra não "estragar"a leitura. ;)

    ResponderExcluir
  3. Oii, tudo bem?
    Eu confesso que a leitura do livro foi bem lenta, eu gostei muito da personalidade da Jane mas em compensação não fui muito com a cara do Stephen, eu achei que a personalidade dele era muito forte para min.

    www.fonte-da-leitura.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  4. Oi Naylane, estou louca pra ler esse livro, todo mundo diz que adora, então nem assisti ao filme ainda na expectativa de ler o livro antes. Adorei a resenha bjs

    ResponderExcluir
  5. Oi Nay, esse é um livro que eu não pretendo ler... rs... primeiro porque foge do meu gênero favorito que é fantasia. Depois que eu não gosto de biografias e pelo jeito que você disse na resenha, sei que não vou gostar. bjs

    ResponderExcluir
  6. Olá Naylane tudo bem?
    Amei assistir ao filme, mas ainda não sei se quero ler o livro, mas muito boa a resenha!
    Até mais!

    ResponderExcluir
  7. Olá Nay, tudo bem?

    Menina, estou assistindo tantos filmes e este ainda nem vi, espero ler antes de assistir pois perde a graça, aliás, tenho uma mania de ver antes de ler kkk;
    Enfim, gostei muito da resenha e também acho que quem já assistiu consiga acompanhar melhor a leitura.

    Beijos!
    de-tudo-e-um-pouco.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  8. Oi Nay, tudo bem???
    Ainda não li o livro e também não assisti o filme. O nome desse livro já me deixa curiosa, e confesso que depois de ler sua resenha, quero muito ler esse livro. Tenho o costume de primeiro assistir o filme e depois ler o livro, vamos ver se com A Teoria de Tudo vou seguir essa ordem, rsrsrs.
    Muito obrigada Nay por mais esta resenha.
    Bjus e até a próxima!!!

    ResponderExcluir
  9. Olá Naylane!!!
    Tinha mesmo pensado em ler este livro. Ainda bem que não cheguei a ver o filme, pois acho que perde a graça ler depois de assistir.
    Bjus

    ResponderExcluir