Ao Seu Encontro

Título: Ao Seu Encontro
Série: Rosemary Beach
Volume: 11
Páginas: 224
Autor: Abbi Glines
Ano: 2017
Editora: Arqueiro (cortesia da mesma)
Compre: Submarino Americanas - Saraiva 
Adicionem: Skoob
Sinopse: Há apenas alguns meses, um encontro inesperado numa casa em Rosemary Beach se transformou num romance de conto de fadas. Agora Reese está prestes a ir morar com Mase na fazenda dele, no Texas. Com o apoio e o amor da família do namorado e a recente descoberta de que ela mesma tem uma família com a qual contar, Reese pode enfim superar os horrores do passado e se concentrar no futuro promissor que a aguarda. No entanto, no que depender de Aida, isso não vai acontecer. A beldade loura e Mase foram criados como primos, mas logo fica claro para Reese que o amor da jovem por ele está muito longe do que se deveria ter por um parente. Ao mesmo tempo que Reese tenta entender a relação dos dois e não se sentir ameaçada, entra em cena Capitão, um estranho que parece estar, convenientemente, em todos os lugares que ela frequenta. Bonito, sensual, misterioso e dono de uma franqueza desconcertante, ele não tem medo de dizer o que pensa de Mase - nem como se sente a respeito de Reese. Enquanto a competição pelo coração de Mase e de Reese esquenta cada vez mais, algumas perguntas em relação ao passado dela começam a ser enfim respondidas, revelando verdades chocantes que vão mudar para sempre a vida do casal. Em Ao Seu Encontro, Abbi Glines conclui a história que começou em À Sua Espera. Com a escrita romântica e voluptuosa que a consagrou, ela constrói mais uma narrativa envolvente, com personagens que vão mexer com as nossas emoções até o final.


Oie pessoal! Tudo bem com vocês?


Hoje trago com um aperto no peito a resenha do desfecho da história do Mase e da Reese, mas antes de falarmos sobre a história preciso fazer um desabafo com vocês!

Quanta coisa cabe no bolso da calça jeans do Capitão!? Pelo amor de Deus alguém consegue me explicar isso!?

Sério, já li ele tirar desse bolso um envelope enorme e duas latas de refrigerantes, essas acredito que estavam uma em cada bolso, mas eu estava esperando a hora que ele tirasse um cachorro de lá também.

De muitas coisas que esse livro me surpreendeu ou me chamaram a atenção essa foi uma delas, por que nunca vi nada igual nessa vida de leitora! .-.

Mas parando de pensar na quantidade de coisas que cabem no bolso da calça jeans do Capitão vamos para a resenha agora! (risos)

Ao Seu Encontro foi o livro de todos os onze/doze livros da série (nunca sei o total realmente) que mais me surpreendeu com o seu enredo!

Eu esperava que a história fosse uma continuação simples e prática do primeiro, mas foi realmente um pensamento de uma marinheira de primeira viagem, pois conhecendo os livros da Abbi como eu conheço, era óbvio que nada seria fácil!

Meu primeiro pensamento ao começar a leitura desse livro, mais propriamente dito a sinopse dele foi: O que raios o Capitão está fazendo nesse livro?

Para quem não conhece o Capitão é o meio irmão da Blaire, ele aprece no quarto livro da série, e penúltimo livro da história do Rush e da Blaire.

Já de primeira vista lá naquela época que realizei a leitura do livro e que ele apareceu não fui muito com a cara dele, mas a Abbi não havia explicado realmente quem ele era ou o que ele fazia da vida.

Até que chegamos a esse livro, ele aparece como quem não quer nada na história, ele está trabalhando para um, por assim dizer, sócio e amigo da família do Mase e aparentemente é muito bem de vinda, e como sempre fala o que vem na cabeça, em outras palavras: a sinceridade manda na sua vida.

Todavia passei há odiar um pouco ele no decorrer da trama, até que a verdade foi revelada e eu fiquei com cara de tacho lendo aquela cena, foi tipo: O QUE, QUE ESTÁ ACONTECENDO AQUI!? ALGUÉM ME EXPLICA POR FAVOR?!

Eu ainda não superei aquela cena, então pensem no quanto ela mexeu comigo, depois de ler aquilo meu conceito sobre o Capitão mudou e muito, foi da água para o vinho.

Conheci-o um pouco melhor e ainda compreendi muito dos seus atos “impensados” que estavam mais para bem pensados (risos).

Mas infelizmente isso não aconteceu em relação à Aida, para começar o nome dela é feio u.u e para terminar que personagem mais insuportável, eu sou do tipo de leitora que na maioria das vezes tolera a existência de alguns personagens, mas ela não tem como tolerar.

É a típica garota mimada que quer tudo na hora e do jeito que quer e para piorar, ela sempre dava um jeito de fazer com que a Reese se sentisse mal com alguma coisa, ela definitivamente é o tipo de pessoa que não tem desconfiometro. 

Agora falando um pouco mais do Mase e da Reese, ele continua o mesmo personagem encantador e protetor, cresceu bastante em relação do primeiro para esse livro, principalmente em relação ao pai biológico.

Ele sabe o que quer da vida principalmente em relação a Reese, ele vai nos mostrando o quão apaixonado ele é por ela e também pelo seu trabalho e pala sua família.

Reese então nem se fala, ela amadureceu e muito em relação a sua dislexia, aprendeu a lidar com ela e a mostrar para as pessoas que ela é capaz de realizar qualquer tarefa, simplesmente com a sua força de vontade, até encontrar um trabalho ela conseguiu.

O romance dos dois vacilou em alguns momentos, nada quando se trata das histórias da Abbi são fáceis e com eles não foi diferente.

Entretanto uma coisa que gostei do relacionamento dos dois foi a maturidade deles, eles sabiam o que era certo e errado e principalmente não se deixavam levar completamente pelo ciúme ou pela desconfiança. 

Foi algo realmente lindo de acompanhar, porque se via o quanto eles gostavam um do outro e não deixavam que nada atrapalhasse isso.

No final do primeiro livro conhecemos bem por cima o pai biológico da Reese e nesse livro passamos a conhecer ele bem melhor e a autora deixa algumas dicas para nós, como é a vida dele, é algo que realmente temos que ler nas entrelinhas para entender.

Como todos sabem sou bem suspeita para falar sobre os livros dessa autora, eu amo eles demais e como eu citei no início da resenha esse foi o livro que mais me surpreendeu, pois a autora saiu da sua zona de conforto e nos deu um pequeno suspense que fez toda a diferença na trama.

Houve também algumas partes que me deixaram bem desconfortáveis, pois a autora não expos os fatos e deixou por conta do leitor que rumo alguns acontecimentos iriam tomar e quando ela revelou as coisas, simplesmente sai do desconforto para me derreter como uma manteiga na descrição da cena.

Nesse livro também temos uma passagem pela vida dos outros personagens da série, vimos como está à situação do Kiro em relação à Emely e que rumo à vida dos outros personagens tomou.

Muitas pessoas citaram que esse livro não tinha o mesmo ritmo de narrativa que os outros, eu sinceramente não notei essa mudança, devorei o livro tão rápido quanto devorei todos os outros e no final senti uma pontada de quero mais.

Abbi Glines terminou o livro com mais um suspense que me deixou com uma pulga atrás da orelha me incomodando.

Não sei o que ela quis passar com aquele final, ou se ela literalmente deixou a custa de nós leitores adivinharmos. 

Mas de qualquer forma amei o desfecho dessa história e como ela foi desenvolvida e estou com uma suspeita de quem será o par romântico da Nan, no livro dela.

Se não for ele, eu vou ter seguido as pistas bem errado e a autora simplesmente irá me passar para trás, ou seja, estou aguardando ansiosamente pela história da Nan.

Antes que eu me esqueça sobre a capa, eu não sei vocês que já leram ou pelo menos acompanham os lançamentos dos livros da série, mas achei que ela não combinou com a história, passou algo que não tem nada a ver, mas é bonita a sua maneira, só espero que numa próxima edição eles melhorem a arte!

Enfim espero que tenham gostado da dica de hoje e quem ainda não leu essa série eu indico completamente, pois em nenhum momento encontramos personagens abusivos ou que nos causem desconforto em relação à leitura.

Muito pelo contrário, todos os personagens são bem construídos e desenvolvidos, a cada livro eles crescem e amadurecem mais como pessoas.

E outra coisa que sempre cito nas resenhas sobre os livros dessa série e principalmente sobre as histórias da Abbi é que ela não foca no sexo em si, mas sim nas dificuldades e superações de cada personagem.

O sexo fica de plano de fundo, ela desenvolve cada personagem maravilhosamente, mostrando cada qualidade e defeitos de cada um e como eles se superam em relações a seus medos.

Eu simplesmente amo essa série, é a única YA que realmente acompanho e não deixo de ler nenhum livro.

Quem já leu me contem o que acharam e quem ainda não leu de uma chance a essa série, porque seus personagens e histórias irão lhe surpreender!

Bjss, Nay =D