Projeto Poetas Urbanos: Yohana Sanfer

Oie pessoal! Tudo bem com vocês? Hoje trago mais uma Poetiza participante do Projeto Poetas Urbanos, espero que gostem de conhecer ela!


Yohana Sanfer - 32 anos - São Gonçalo – RJ - Papel, palavra, Coração


Primeiramente pedimos para a Poeta se apresentar:
“Meu nome é Yohana, tenho 32 anos (mas queria ter 17 de novo ) e moro em São Gonçalo – RJ. Sou formada em Serviço Social pela UFF e uma apaixonada pelo universo das palavras.”





Perguntamos então desde quando ela escrevia, e Yohana responde:
“Sempre gostei de escrever. Na infância eram cartas, cartões, pequenos textos. Depois vieram os cadernos de poesia, diários... E sempre com muita leitura. Acho que tudo acabou colaborando para desenvolver a escrita e hoje acho que ela é meu caminho sem volta.”
Questionamos então a partir de quando ela começou a postar seus escritos:

“Até 2009 eu nunca havia publicado o que escrevia. Foi quando descobri uma rede social, já extinta, a Yahoo meme, e comecei a me identificar com o que via ali. Eram textos curtos, fragmentos, frases acompanhadas de imagens, como encontramos em blogs. Arrisquei postar um e fui surpreendida. Muitos seguidores gostaram e me incentivaram a postar mais.” 
Perguntamos então de onde veio à ideia de criar um blog e a Poeta nos responde, que o incentivo para criar ele veio a partir de seus post e seguidores no Yahoo meme:

“Dali em diante veio o incentivo para criar um blog, e foi então em 2010 que criei o “Papel, palavra, Coração” e comecei a publicar meus textos. Descobri no blog que eu escrevia crônicas e comecei a estudar o gênero. Três anos e algumas doses de coragem mais tarde veio o meu primeiro livro, o Da boca pra dentro.” 
Questionamos Yohana então como foi a sua experiência lançando seu primeiro livro e ela responde:
“Ele foi um presente pra mim. Foi uma surpresa como foi bem aceito e abriu portas pra que eu conhecesse tanta gente talentosa, que também está na batalha por suas histórias e pra fazê-las chegar até os leitores.“







Perguntamos então para ela, como era o seu dia a dia como escritora e a Poeta nos responde:
“A vida do escritor não costuma ser só sentar e esperar a inspiração vir, sabe? – começa a poeta - Tem muita leitura, bloqueio, divulgação e pesquisa envolvida. – continua ela - Hoje minha rotina é dividida entre cuidar dessas atividades, dos eventos literários, junto com o blog e a livraria virtual que criei em 2014, a Sanfer Livros. Mas até pouco tempo atrás também trabalhava em um Projeto e aprendi a me virar nesta correria toda. – finaliza Yohana. 
Perguntamos para ela então sobre os seus outros dois livros lançados e ela nos responde:
“Foi no meio desta correria que também veio o meu segundo livro, o infantil “É de menino, é de menina”, lançado no finalzinho de 2015 e logo depois o “Doze por doze”, do qual participo junto de mais onze autores e é um livro muito especial pra mim porque pra ele escrevi o meu primeiro conto, o “Temos nosso próprio tempo”.




Questionamos então por fim para a Yohana se haverão próximos livros e ela nos responde:

“Um livro novo já está a caminho e a previsão é que saia em dezembro deste ano. “Amor, insônia e outras travessias” será meu segundo livro de crônicas e também virá cheio de sentimentos e de transições, de transformações que vivenciamos no cotidiano e dentro da gente. Serão crônicas sobre o efeito do bendito tempo, sobre crescimento, paixões, sobre o que passou e sobre o que virá." 
Espero que tenham gostado de conhecer um pouco mais sobre a Escritora e abaixo deixo o material inédito cedido para o blog, mais as capas e sinopses dos livros dela!

Inédito:



“Saiu. Pra ser aprendiz, pra ser maior. Pra procurar abrigo em si mesma, pra encontrar um abraço no que ainda não viu. Vestiu- se de nuvem, de reticências, de amanhã. Cabelo solto, saia pra rodar, um sorriso sem motivo e pés dispostos a descobrir esquinas. Estava feito. E de riscos, de luas, velhos sonhos e novas danças bordou os passos que viriam. Estava inteira, entregue, intensa. Estava descalça. E isso não era um problema.”

Trecho de “Descalça”, crônica do livro novo “Amor, insônia e outras travessias”.

Sinopse do Livro: Da Boca para Dentro
"Mas quantas e quais são as coisas que dizemos depois de consultar o coração? Um punhado de essência, um milhão de desejos, um infinito de verdades? Pra onde vai e de onde vem tudo aquilo que nos importa, esse tudo que é grande e traduzido pelas palavras que não cabendo no peito, transbordam corpo, alma e nossas certezas? Minha suspeita: da boca pra dentro. São da boca pra dentro todos os beijos que respondem um anúncio de dúvida, toda saudade confessada durante o abraço, o elogio inevitável, o desabafo acolhido por um olhar, a palavra engasgada e denunciada pelas lágrimas, o grito que transgride a calmaria.(...) Moram da boca pra dentro nossos silêncios falhos, nossas falas eternizadas na lembrança de alguém, o sentimento entregue num agradecimento, numa saudação sincera, numa notícia boa, numa declaração de amor."(Trecho da crônica "Da boca pra dentro"). Um livro que reverencia o amor, os sonhos, os quereres e traz outros olhares sobre o cotidiano.


Sinopse do Livro: É de menino, é de menina

Já imaginou como seria o mundo se determinadas cores pertencessem a meninos e outras somente a meninas? Ele só pode usar azul. Ela não pode usar verde. Ela só pode usar rosa. Ele não pode usar lilás. Paco e Luna estão diante deste desafio. Um menino e uma menina que estão um pouco confusos com a missão de colorir, mas com uma ajuda especial e a coragem de fazer um lindo passeio descobrirão outros horizontes.