The Witch's House: A casa de terror da bruxa

Game: The Witch's House (A Casa da bruxa)
Data de Lançamento: 3 de outubro de 2012
Console: Microsoft Windows
Desenvolvedor: Fummy
Classificação Etária: 14+
Número de Jogadores: 1
Gênero: RPG Maker / Horror / Quebra-cabeças


Sinopse: “The Witch’s House” é a história de uma garota loira de 13 anos chamada Viola.  Sem conseguir sair da floresta, ela é obrigada a entrar na Casa da bruxa, onde é cheio de armadilhas e perigos, porém um gatinho preto irá lhe seguir nessa aventura para se divertir.

Oie pessoal! Tudo bem com vocês? Hoje trago mais um post sobre games do Éverton! Espero que gostem! 

Análise

Oi leitores <3

Hoje venho indicar um jogo muito legal. Quem acompanha os post de Games já deve ter notado que eu amo jogos com incríveis histórias. Geralmente para eles me conquistar tem que possuir uma fantástica história, e com “A casa da Bruxa” não foi diferente. ;)

Viola possui uma carta (em seu inventário, onde o jogador pode acessa-lo), que seu pai diz estar lhe procurando na floresta. Nisso, ela não consegue passar porque uma parede de rosas bloqueia o caminho. Para o caminho da casa também possui uma parede de rosas, só que menor, mas, com um item achado pelo jogador conseguisse cortá-las.





























O legal aqui é que um gatinho preto, que toda vez que você interage com ele, você pode salvar o jogo. Ele diz que vai seguir Viola para se divertir, mas nós é que acabamos nos divertindo com ele por ser engraçadinho (além de fofinho).

Logo que entramos na casa, já somos colocados em uma armadilha, mas nada de tão difícil. Em certos lugares, as vezes obvies, outras vezes escondidos, encontramos o “diário da Bruxa”, onde é contado um pouco sobre sua história. (Não vou contar para não estragar a experiência de vocês ^_^ ).

Além de uma boa história para me conquistar, o game pode fazer isso por incríveis enigmas. Em “The Witch’s House” não foi diferente. Sei que nem todos são fãs de puzzles (quebra-cabeças) em jogos. Mas, assim como o game “Ao oni”, “A casa da Bruxa” também é cheia deles.

Finais

Assim como muitos jogos de RPG Maker, o jogo não possui somente um final.

Existem dois finais no jogo, onde não é dito se você pegou o verdadeiro ou não.

Sem spoiler “vou dizer” como consegui-los e suas diferenças.

Ah, lembrando, se você quiser, é somente carregar novamente o jogo para ver o outro final, já que a partir da última vez que você salvou, não tem mais a possibilidade de salvar de novo.

O final que quase todos pegam, porém não sendo o verdadeiro, é somente sair da casa e acabando o game bem rápido, sem muita enrolação. (Porém também é interessante assistir esse final por curiosidade).

Porém, o final verdadeiro já é dado à dica de como pega-lo, logo no começo do jogo. Existe um armário com um item (que eu não vou dizer qual é ele), que você precisa pega-lo antes de sair da casa da bruxa.

Esse armário está no começo do jogo, que ao interagir com ele terá uma mensagem, dizendo que “é para voltar quando a casa voltar ao normal”. Então para pegar esse final, vá até esse armário, pegue o item e depois saia da casa.

Esse final é revelado mais coisas sobre a história da bruxa.





























Baixar

Como um game RPG Maker, é preciso do programa correspondente que ele foi feito. Se você não possui o programa “RPG Maker VX” você pode baixa-lo clicando aqui.

O game traduzido em português você pode baixar clicando aqui.

Gameplay

Eu conheci esse jogo com uma Youtuber muita legal. Ela costuma jogar bastantes jogos de terror, além dos jogos RPG Maker. Na época ainda não tinha saído o game em português, porém é muito divertido ela jogando e traduzindo o game.

Super-recomendo o canal dela. É a “PlayerBarbie”.

Quem não quiser jogar esse jogo pode assistir aos vídeos dela jogando para dar umas boas risadas.

Clique aqui para assistir a playlist dela sobre esse jogo.

~Yo~