Uma Carta de Amor

Título: Uma Carta de Amor
Páginas: 288
Autor: Nicholas Sparks 
Ano: 2017
Editora: Arqueiro (cortesia da mesma)
Compre: Submarino Americanas - Saraiva 
Adicionem: Skoob
Sinopse: Há três anos, a colunista Theresa Osborne se divorciou do marido após ter sido traída por ele. Desde então, não acredita no amor e não se envolveu seriamente com ninguém. Convencida pela chefe de que precisa de um tempo para si, resolve passar férias em Cape Cod. Lá, Theresa encontra na praia uma garrafa arrolhada com uma folha de papel enrolada dentro. Ao abri-la, descobre uma mensagem que começa assim: “Minha adorada Catherine, sinto a sua falta, querida, como sempre, mas hoje está sendo especialmente difícil porque o oceano tem cantado para mim, e a canção é a da nossa vida juntos.” Comovida pelo texto apaixonado, Theresa decide encontrar seu misterioso autor, que assina apenas “Garrett”. Após uma incansável busca, durante a qual descobre novas cartas que mexem cada vez mais com seus sentimentos, Theresa vai procurá-lo em uma cidade litorânea da Carolina do Norte. Quando o conhece, descobre que há três anos Garrett chora por seu amor perdido, mas também percebe que ele pode estar pronto para se entregar a uma nova história. E, para sua própria surpresa, ela também. Unidos pelo acaso, Theresa e Garrett estão prestes a viver uma história comovente que reflete nossa profunda esperança de encontrar alguém e sermos felizes para sempre.
Olá pessoal! Tudo bem com vocês?

Primeiramente gostaria de pedir desculpas por não ter postado nos dias 27 e 28 de fevereiro, mas infelizmente de uns tempos para cá estou tendo bastantes problemas familiares, entre altos e baixos a gente vai levando, mas nos últimos dias de fevereiro foi complicada a situação aqui em casa, por isso não consegui postar.

Mas Março chegou e estou com grandes expectativas para esse mês, por algum motivo ele está me parecendo um mês lindo e agradável, espero que as coisas deem certo! (risos)

A segunda coisa que quero falar com vocês é sobre esse livro encantador que li no final do mês passado, Uma Carta de Amor.

Todos sabem que sou louca por romances, do Nicholas Sparks então nem se fala, todavia sou do tipo de leitora que julga o livro pela capa e ás vezes não nego perco grandes histórias por causa disso.

Quando eu acabei a leitura desse romance, eu pensei: porque não li ele antes?

Ah sim, claro porque eu não tinha gostado da outra capa e por isso não tinha solicitado ele! (básico do básico da Nay) (risos)

Mas let’s GO para a resenha...

Uma Carta de Amor conta a história de Theresa Osborne (não fui a única que notou que esse sobrenome é meio parecido com o sobrenome de um vilão da Marvel né? .-.) jornalista, divorciada e mãe de um menino chamado Kevin.

Após a separação ela se muda para Boston e começa a trabalhar no jornal local, mas a vida de um jornalista como todos sabem é bem corrida, principalmente para a nossa personagem principal que precisava trabalhar mais para poder dar um pouco de conforto para o filho, já que o valor da pensão não dá nem para o gasto.

A rotina de Kevin após a separação de seus pais era passar os finais de semana com o pai, sendo assim Theresa resolve dar um pulo no lar de idosos onde sua mãe está internada e depois dar uma volta na praia.

Entretanto o que era para ser uma simples volta na praia se tornou um mistério para ela, após encontrar na areia a beira mar uma garrafa com uma carta dentro.

Curiosa nossa personagem principal não vendo ninguém por perto que poderia ser o dono da carta, ela começa a ler o conteúdo dela e pensem que carta mais linda, ou melhor, que declaração de amor mais linda, tipo aquelas de cenas de filmes sabem? *--*

O suspense não acabou por aí e é nessa parte que entra o que mais amei nesse livro, tirando obviamente o romance.

Eu tenho uma alma de jornalista, amo tudo que envolve isso e quando encontro livros que os personagens principais trabalham nessa área e os autores descrevem como é isso, pensem no quanto meu amor cresce pela história.

Acompanhamos Theresa correndo atrás para descobrir quem é o autor das cartas que assina somente como G, enxergamos e sentimos o apoio que seus colegas de trabalho lhe dão para seguir em frente e obviamente vemos o que essa matéria poderia fazer na carreira de nossa personagem.

Entre muita pesquisa e trabalho Theresa chega ao criador das cartas: Garret um pescador muito querido. (suspirando por ele aqui, juntamente de nossa personagem principal) (risos)

Bom o que eu posso dizer desse livro, que diferente de muitas histórias do nosso amado Nicholas esse casal tem um final feliz, mas como estamos falando do Sr. Sparks isso não foi muito fácil não.

O autor nos presenteou com personagens quase reais, maduros, com seus defeitos, com suas ações impensadas e algumas consequências.

Mas também nos deu um caso lindo de amor, esperança e fé, uma personagem que não acreditava em finais felizes, um homem apaixonado que escrevia cartas e as jogava ao mar.

Eu nunca havia lido ou pesquisado sobre as garrafas soltas em alto mar, mas sabemos e encontramos muito disso em filmes, séries e ás vezes até em desenhos. É um assunto conhecido, mas pouco comentado. 

E quanto mais eu me aprofundava na história desses dois, mais eu amava essas cartas. 

Tipo é algo muito fofo e que implica muito numa esperança cega de que a nossa garrafa soltada no mar, irá encontrar nosso objetivo, a pessoa para quem as mandamos.

E foi isso como eu apontei lá em cima, que me fez amar essa história. Essa esperança que o Garret teve de mandar suas cartas pelo mar por sua amada, imaginar que outros personagens também já haviam encontrados outros exemplares dessas cartas em outros locais, foi maravilhoso.

Eu me transportei para dentro dessa história e me coloquei no lugar dos personagens que acharam as caras, pensei no sentimento, na emoção que eu teria lendo algumas delas, foi sensacional.

Posso comparar essas garrafas, com os trabalhos de alguns poetas onde eles colam e dão suas poesias para as pessoas nas ruas, fazendo com que elas se sintam bem.

Essas cartas caíram em mãos erradas e não para a amada de Garret, mas que no final fizeram um bem danado com toda a certeza na vida das pessoas de  quem as leu!

Foi um livro muito tocante acompanhar, a esperança, a solidão, a fé, coragem, amor, tudo junto e que definiu o destino desses dois personagens principais.

Para quem gosta de um bom romance a lá Nicholas Sparks esse entrou para a categoria: indico com toda a certeza! 

A capa dessa edição está maravilhosa, a diagramação do livro está bem delicada, seguindo o padrão da Editora Arqueiro.

Agora o próximo passo será assistir ao filme, espero gostar dele tanto quanto gostei do livro! E obviamente irei trazer a resenha para vocês também!

Espero que tenham gostado da dica, quem leu me contem, por favor, o que acharam e quem ainda não leu não perca tempo e realize a leitura do livro para ontem! (risos)

Até a próxima galera!

Bjss, Nay =D

18 comentários:

  1. Oi, Nay!
    Nicholas! <3 Faz tanto tempo que não leio algo dele.
    Sua resenha me deixou com saudade da escrita do autor. Esse livro parece uma ótima pedida para retornar a ler os livros do autor.
    Esse livro parece estar carregado de emoção. As cartas dão uma emoção maravilhosa ao livro. Espero gostar do livro quando eu o ler.
    Beijão!
    http://www.lagarota.com.br/
    http://www.asmeninasqueleemlivros.com/

    ResponderExcluir
  2. Oii.

    Eu amo livros de romance e tem cada um que me faz chorar litros. Bom, gostei dessa história, me faz lembrar o filme Cartas para Julieta, que eu amo. Sem contar que Nicholas Sparks é o cara no romances neh.

    beijos Participe do sorteio e concorra a três livros incríveis no blog.

    www.mecontanoblog.com

    ResponderExcluir
  3. Já li a grande maioria dos livos do Sparks, mas este aqui ainda não. Assisti o filme já tem uns bons 10 anos e lendo a sua resenha, percebi que não lembrava de mais nada do romance.
    Amo Sparks e quero ler o livro também.
    MEU AMOR PELOS LIVROS
    Beijos

    ResponderExcluir
  4. Olá!! :)

    Eu não conhecia este livro e confesso que não fiquei muito curioso, mas foi mesmo por não gostar do tipo de romance.

    Mas acho otimo que te tenha cativado tanto, e que passe tantos sentimentos ao leitor! :)

    Boas leituras!! ;)
    no-conforto-dos-livros.webnode.com

    ResponderExcluir
  5. Oii
    Apesar de parecer bem interessante e você ter gostado tanto, eu não consigo querer ler Nicholas Sparks. Eu gosto de romance, mas não essa sick-lit que eue costuma fazer (sempre tem alguém doente que morre, mesmo não parecendo que neste isto aconteça, rs) então eu passo a dica. Quem sabe um dia supero meu trauma por Nicholas Sparks.

    Vícios e Literatura

    ResponderExcluir
  6. Oi Nay,
    Ainda não li esse livro e tenho bastante vontade. Fiquei muito contente por você ter gostado tanto desse livro assim. Achei bem bacana, também que você tenha se transportado para dentro da história, pois é algo que estou sentindo falta em leituras recentes que tenho feito.
    Espero curtir tanto quanto você e ler em breve.
    Beijos

    ResponderExcluir
  7. Oi Nay, como está?
    Não apenas o sobrenome da Theresa é meio parecido com o de um vilão da Marvel mas também com o do Ozzy, kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk.
    Achei muito legal a premissa do livro e o fato da protagonista ser jornalista é um adendo bem interessante com certeza, ainda mais quando envolve descobrir mistérios.
    Abraços e beijos da Lady Trotsky...
    http://rillismo.blogspot.com

    ResponderExcluir
  8. Oi, Nay!
    Esse livro do Sparks ainda não li, mas com certeza está na lista.
    Amo a escrita madura do autor, que sempre mescla um pouco de mistério, sem contar o romance que nos faz suspirar a cada página. Esse casal com certeza vou querer conhecer.
    Também sou muito fã do autor, se pudesse teria todos os livros dele! <3

    Beijos!
    Eli - Leitura Entre Amigas
    http://www.leituraentreamigas.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Oii primeiramente parabéns pela resenha ficou ótima e assim como vc sou apaixonada por romances e esse com certeza me chamou a atenção. Thereza e Garrett parece ser uma história linda e incomum, gosto de romances assim leves e muito tocantes, com certeza vai entrar na minha lista de próximas leituras. Bjs

    ResponderExcluir
  10. Olá, Nay

    Espero que seus problemas familiares sejam resolvidos na paz e na sabedoria, seja forte.

    Sobre o livro... não curto o Nicholas. Tenho um sério problema com os livros dele, não consigo me apegar a nada. Mas de repente, pelo fato de nesse o final ser feliz, eu possa vir a gostar. E essa coisa da garrafa também é bem interessante.

    Beijinhos

    ResponderExcluir
  11. Olá, tudo bom?
    Também sou apaixonada pelas histórias do Nicholas, apesar de ter um tempo que não as leio! Fiquei feliz em saber que esta tem um final feliz (que bom kkkk) e que os personagens são reais, com defeitos e qualidades que assemelham ao real e que cria uma conexão com o leitor. Simplesmente amo isso em livros!
    Quero muito saber se a personagem encontra o homem das cartas e como tudo isso se dá! Adorei sua resenha! Me deu vontade de pegar esse livro que está parado em minha estante rs

    Beijos!

    ResponderExcluir
  12. Olá!
    Nossa, esse livro é lindo. As cartas, como o romance começou, estória de amor mais linda;
    Já tem um tempo que li esse livro, mas ele é tão bom, que não consegui ficar só com o livro. Tive que ter uma visão dos personagens, e logo que terminei de ler o livro, vi o filme também.
    Recomendo que veja também.
    Ótima resenha.

    ResponderExcluir
  13. Oi!

    Infelizmente não gosto do autor, não porque tenho preconceito literário com ele, mas esses romances muito água com açucar e super parecidos me deixam entediada. Mas a história desse me parece ser bonita, a metáfora da garrafa, as cartas.. Enfim. Quem sabe um dia eu não leia né?

    beijos :)

    ResponderExcluir
  14. Tenho um preconceito com o Sparks, dele eu só assistir as adaptações. Mas eu resolci quebrar isso e peguei a nova edição de Diário de uma paixão e vou tentar me conectar com a escrita dele.
    www.belapsicose.com

    ResponderExcluir
  15. Oi Nay, tudo bem?? Vou te confessar uma coisa aqui MORTA de vergonha huahuahua cê acredita que NUNCA li um livro do Sparks? Eu até comprei dois, mas estão na estante até hoje por falta de oportunidade mesmo porque sempre vejo as pessoas falando super bem. Acho que quando eu ler o primeiro vou pensar igual você: por que não li antes? hahahaha Bjosss e espero que você tenha conseguido resolver os seus problemas

    www.porredelivros.com

    ResponderExcluir
  16. Oii, tudo bem? Essa nova capa é ainda mais bonita que a antiga (que eu já gostava). Eu já li esse livro e foi uma leitura que eu também gostei, mas confesso que esperava um tantinho mais, pois a premissa é mega interessante. Achei que no final acabou caindo nos clichês de sempre e isso me deixou um pouco frustrada. Gostei muito da resenha :D
    Beijos

    ResponderExcluir
  17. Olá!
    Vou ser sincera, eu sempre, sempre tentei achar algum livro do Nicholas Sparks que me agradasse, só para conhecer a escrita e tentar gostar pelo menos um pouco das suas histórias. Mas eu leio sinopses, resenhas, criticas e mais criticas e nada, nada dele me chama atenção. Com esse livro não foi diferente, a história não me chama atenção, não me da vontade de ler. Por mais que eu tente entrar no universo dos romances, eu acabo sempre optando por algum que tenha minhas preferencias no meio e um romance puramente romance, não consegue me atrair. Infelizmente, é mais um livro dele que não coloco na lista.
    Beijos,
    Nay
    Traveling Between Pages

    ResponderExcluir
  18. Oii...
    Eu sou completamnete apaixonada pelo titio Nick tbm!!
    Igual a você, a primeira capa desse livro não me chamou a atenção, por isso não a comprei, mas estou em amor com essa e pretendo ler em breve.
    Sua resenha está linda, parabéns!!

    beijos
    Livros & Tal

    ResponderExcluir