Charlotte Sometimes

Título: Charlotte Sometimes
Páginas: 14
Autor: Fábio Fernandes
Ano: 2013
Editora: Draco
Adicionem: Skoob
Comprem: Amazon 
Sinopse: Conto do autor veterano de ficção científica Fábio Fernandes, originalmente publicado em “Interface com o Vampiro”. Um homem, uma noite, um bar. O que ele faz ali? Entre os vapores do gelo seco e as névoas da amnésia, Júlio busca uma resposta para tantas dúvidas que o assombram. Mas ele pode não gostar do que vai encontrar entre os escombros da sua memória – ou será a memória de outra pessoa? 





Oie pessoal! Tudo bem com vocês?

Hoje trago mais uma resenha escrita pela Lorena da Rocha, espero que gostem da dica dela! =D

Ao julgar pela fonte e cores usadas na capa, acreditei que fosse um conto feliz, chegando até a ser infantil. Porém, me enganei.

O conto inicia nos mostrando Júlio, descrevendo o local onde ele está – mas não conhece. Não de cara. Júlio percebe que está sonhando, então, naturalmente, deveria acordar. 

Isso acontece de forma muito simples, numa lógica explicada no conto: quando se está sonhando e se toma consciência disso, logo você deve acordar, pois já sabe que está dormindo.

Só que Júlio não consegue acordar, não consegue sair daquele local que conhece tão bem. Não consegue se livrar daquelas pessoas que também conhece tão bem. Somos induzidos a sentir a mesma agonia que ele: estar preso em um local sem conseguir sair, não importa o esforço. 

Se fosse essa a intenção do autor, ele conseguiu. Durante a leitura senti um certo incômodo (não do tipo ruim, do tipo quando você se identifica com o personagem). Por ser curto, logo o grande mistério é resolvido. Não sem antes nos mostrar que, na verdade, aquilo não era um sonho. Não de Júlio.

Achei a narrativa muito bem descritiva, mostrando pontos que não julgo serem necessários, mas que trazem um alívio para os mais curiosos. Aos que gostam de muito mistério, de pontas soltas e de resolver o mistério por si só: eu não indicaria. 

O conto faz tudo isso por você. É criado um suspense, sim, mas na hora de finalizar, tudo é entregue – o que não deixa de fazer com que a obra seja bem escrita. 

Não entrou para os favoritos, mas é um bom conto. Bom para passar o tempo, para "desopilar" das outras leituras.

Espero que tenham gostado!

Até a próxima, 

Bjss, Nay e Lorena =D

20 comentários:

  1. Oi tudo bem?
    Amo contos para quando estou de ressaca e irei anotar a dica, deve ser um conto bem agoniante e emocionante.

    Beijos

    ResponderExcluir
  2. Oiii tudo bem?
    Eu sou perdidamente apaixonada por livros de contos e esse que seria uma ótima pedida, gostei de saber a sua opinião e espero ler, parece ser bastante emocionante e ao mesmo tempo dramático.
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  3. Adoro contos para curar ressacas. São histórias curtas e que mesmo que não entrem para listas de favoritos ganham o amor da gente!

    Bjos

    ResponderExcluir
  4. Olá, tudo bem?
    Gosto muito de contos e ainda não conhecia esse.
    Gosto de narrativas descritivas, mas depende, se são muito descritivas pode desagradar. Quem sabe me anime futuramente para ler.

    Livros, vamos devorá-los

    ResponderExcluir
  5. Heiii, tudo bem?
    Esse conto nao conhecia, mas me parece ser interessante, mesmo que nao tenha se tornado um favorito, acho que valeu a pena a leitura.
    A capa é legal e amo um suspense.
    Beijos.

    Livros e SushiFacebookInstagramTwitter

    ResponderExcluir
  6. Olá
    Essa é a maior vantagem de contos, o seu tamanho rdrs. Serve muito para passar. O tempo ie desestreçar das leituras maiores. Esse conto em questão eu não o conhecia, mas achei bem bacana pelo o que li na resenha. Espero poder ler em breve. Até mais ver

    ResponderExcluir
  7. O conto parece ser maravilhoso, é um tipo de leitura que adoro fazer.
    Adorei sua resenha sobre o ele, só me deixou com vontade.

    Bjs
    Suka
    http://www.suka-p.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  8. Oii! Parece ser um conto bem interessante, adoro livros com uma pegada de suspense e que prendem o leitor, fazendo ele querer ler até que o mistério seja resolvido. Sua resenha está ótima e me deixou bem curiosa, obrigada pela dica. Bjss!

    ResponderExcluir
  9. Oi!! Nunca tinha ouvido falar do livro, mas fiquei curiosa para conhecer! Vou procurar aqui em Portugal.
    Parabéns pelo post!

    ResponderExcluir
  10. Olá, tudo bem?

    Só de ler sua resenha, já fiquei agoniada. Não conheço o autor e nem obras dele. O dia que quiser ler algo sem ser grande, vou ler esse conto.

    Beijos
    Laneh Martins

    ResponderExcluir
  11. Oie, tudo bem?! Nossa adoro quando os contos tem esse conteúdo todo que nos vale resenha e a indicação.
    Dica mais que anotada.
    Bjs

    ResponderExcluir
  12. Amo contos e este aqui já entrou para a lista de desejados porque a sua resenha me deixou curiosa e empolgada. Adorei a dica.
    MEU AMOR PELOS LIVROS
    Beijos

    ResponderExcluir
  13. Oi,

    Faz anos que não leio contos, mas fiquei super interessada na sua dica. Sua resenha me deixou animada e já coloquei na lista dos mais desejados.

    Beijos
    jusemfrescura.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  14. Oiii!

    Acho que o maior defeito dos contos são finais corridos. Fiquei feliz em saber que há um suspense no enredo, não sei se leria no momento, mas gostei bastante!

    Beijinhos,

    ResponderExcluir
  15. Oie!
    Confesso que não me dou muito bem com os contos, pois sempre fico com a sensação de que poderia ter mais. Muitas vezes a história é tão boa, que merecia mais paginas.
    mas mesmo, vou anotar essa dica para conferir.
    Bjks!
    Histórias sem Fim

    ResponderExcluir
  16. Amo contos! Já está na minha lista de desejados, confesso que é muito bom conhecer novos e super talentosos autores nacionais, logo mais estarei lendo essa obra, gostei que você foi bem sincera em sua resenha.

    ResponderExcluir
  17. oi, conto bacana e como é curtinho, ótimo para ser uma leitura naqueles dias mais movimentados quenão temos tempo de ler coisas maiores. Gostei de saber desse tonzinho de mistério.

    ResponderExcluir
  18. Olá!

    Não conhecia o conto, mas por ser curtinho já me interessei. Obrigada pela dica!

    ResponderExcluir
  19. Olá! A descrição que você deu da sensação de saber que está preso em um sonho me deu agonia, mesmo esta impressão sendo mudada no transcorrer do conto. Obrigada pela dica. Abraços!

    ResponderExcluir
  20. Olá,

    Fiquei muito curiosa pela história, principalmente quando se trata de sonhos. Vou adquirir o meu exemplar.

    Abraços,
    Cá Entre Nós

    ResponderExcluir