Misao: um pedido de ajuda.

Game: Misao
Console: Microsoft Windows, Mac OS Classic
Desenvolvedor: RinBu/Sen
Distribuidora: RinBu/Sen
Classificação Etária: 16+
Número de Jogadores: 1
Gênero: RPG Maker / Survive Horror / Puzzles (quebra-cabeças)




Sinopse: Aki (ou Akito) é um(a) personagem que perdeu sua colega de classe chamada Misao. Depois de três meses, Aki ouve em sua classe de aula, a voz da garota pedindo ajuda. Quando acorda, o jogador precisa recuperar as partes do corpo da garota para libertá-la deste mundo.

Oie pessoal! Tudo bem com vocês? Hoje trago esse post que foi um dos primeiros que o Éverton postou aqui no RT e estou repostando, espero que gostem! =D 


Análise:


Oi gente!

Hoje trago a análise sobre esse game fantástico. Espero que vocês gostem e se espantem com a história, assim como eu.

“Misao” é um jogo onde conta a história de Aki (podendo mudar o nome quando começa um novo jogo), onde o(a) personagem sempre gostou da Misao, mas, nunca teve coragem de se aproximar. Três meses depois de seu desaparecimento, Aki ouve a voz de socorro da Misao.






















Depois de ouvir o pedido, acontece um terremoto, onde o(a) personagem desmaia. Quando acorda, Aki está na sala do conselho estudantil. O presidente do conselho estudantil chamado Onigawara, declara que ele(a) é a única pessoa que pode salvar a Misao.

Então, mesmo correndo risco na escola, onde esta foi sugada para outro mundo, e que ela esteja cheia de perigos fatais e de fantasmas, o jogador deve encontrar as partes do corpo da garota para sacrifica-la. 

Os colegas de classe também estarão nesse mundo, e na biblioteca você encontrará a Senhorita Library (Senhorita biblioteca, sempre na biblioteca), aonde ela irá lhe dar dicas para o jogo, te ajudar, e vai conversar com você (além de ser muito fofa!).

Jogabilidade:

A escola é cheia de perigos, onde fantasmas ou objetos podem te matar. O engraçado aqui (ou não), é que o jogador irá morrer muitas vezes antes de conseguir resolver um puzzle (que é cheio deles no jogo inclusive).

Ainda bem que o jogo possui um “mini save”, onde apertando a tecla C ou shift, irá salvar momentaneamente, para evitar fazer tudo de novo depois que morrer. Porém, para salvar o progresso do jogo mesmo, é preciso falar com Onigawara, onde é recomendado fazer antes de você sair do game.























Mas, por que eu devo jogar Misao?

Além de o jogador ter que pensar bastante para progredir no jogo (estimulando a inteligência, deixando o jogador mais esperto), a história, e o carisma dos personagens com certeza ira te conquistar.

Quando o jogador conseguir sacrificar o corpo da garota, é contado o que aconteceu com a Misao, três meses antes de ela desaparecer. Já aviso, é chocante o ocorrido com a garota.

Finais:

O jogo possui dois finais, onde o jogador precisará fazer uma escolha interessante com duas pessoas. Se o jogador escolher errado, pegará o final ruim, e é contado mesmo assim o que aconteceu com a garota (para o jogador entender porque pegou o final ruim).

Eu recomendo quando fizer a escolha, salvar em outro slote no presidente.

TRUTH:

Depois que o jogador terminar o jogo com o final verdadeiro, é liberado no menu do jogo, o Truth (Verdade). Onde contará mais trechos da história. Você poderá salvar o jogo na caveira.

Sala bônus:

Se o jogador descobrir a senha secreta, depois do TRUTH o jogo te pede para colocar a senha para ir à sala bônus, onde o desenvolvedor colocou as curiosidades e detalhes sobre o desenvolvimento do jogo.

Ligação com MAD Father?

Não é atoa que trago esse jogo essa semana, já que semana passada eu falei sobre “MAD Father”.

Muitos fãs (inclusive eu) perceberam algumas semelhanças de Misao com o jogo MAD Father (que é do mesmo criador do jogo inclusive). Essas semelhanças inclui o senhor Ogre com Onigawara, a Aya com a Senhorita Library, e outra pessoa X que não posso falar para não dar spoiler.

Serão acontecimentos depois do Mad Father? Nunca saberemos.

Versões:

Atualmente, o jogo possui 3 versões.

Na primeira versão, somente possuímos a versão feminina da Aki, onde foi o sucesso do jogo, e consequentemente feito sua tradução em português.

Na segunda versão, foi adicionada a versão masculina do Aki, alterando uma coisa ou outra da história, quando jogado com ele.

Na terceira versão, os gráficos foram um pouco melhorados, e colocados mais perigos ao jogador.

Baixar:

O jogo precisa ter o programa Wolf rpg editor instalado para rodar.

Bem, infelizmente só possui tradução para o português a primeira versão, que você pode baixar clicando aqui (créditos ao blog Zero Corpse).

A segunda e a terceira versão estão traduzidas somente para o inglês. Se você entende inglês, você pode baixar clicando:

Versão 2.02 – Não achei o link :(

Versão 3.03 – aqui

Só quero assistir a história do jogo:

Bem, como sempre, eu recomendo a youtuber PlayerBarbie, que é engraçada, idiota (mas que amamos), e divertida. Ela gravou há um tempo, quando não tinha a tradução ainda, então ela traduz no seu jeito de ser.

~Morre virgem~