Mad Father: mansão dos horrores.

Game: Mad Father
Data de Lançamento: 10 de dezembro de 2012
Console: Microsoft Windows, Mac OS Classic
Desenvolvedor: Sen
Distribuidora: AGM PLAYISM
Classificação Etária: 14+
Número de Jogadores: 1
Gênero: RPG Maker /Survival horror / Puzzles (quebra-cabeças)
Sinopse: Este é um jogo baseado em uma aventura de horror e exploração. Assuma o controle de protagonista Aya, fazendo uso dos itens que você encontrar à medida que avança através da história.


Oie pessoal! Hoje me despeço de vocês, e a partir da próxima terça o Éverton volta com tudo para o blog, espero que gostem! =D


Análise:


Oi leitores!

Hoje vim falar desse jogo lindo, porém, com uma história macabra.

“Mad Father” é um jogo com muito foco na história, (muito mais que os outros jogos de RPG Maker), onde conta a história de Aya. 



Uma menina de 11 anos que vive com seu pai, um cientista que vive trancado no seu laboratório na sua mansão. Seu pai possui uma assistente chamada Maria.

A história se passa dentro da mansão de Aya, pouco antes e também depois da meia noite, onde no próximo dia é aniversário da morte de sua mãe. 

Porém, Aya ouve um grito, que parece ser de seu pai. Nisso, a mansão está cheio de experimentos de seu pai e de perigos. Agora, Aya relembrará muito sobre o passado, e terá que enfrentar desafios se quiser salvar seu pai.

Os gráficos do jogo são desenhados. Quem lembra os desenhos Animes?, Os desenhos estilos japoneses (o jogo foi feito por um japonês, então né?). A história é muito envolvente, onde queremos saber o que vai acontecer com Aya e seu pai.


Além dos gráficos super bonitinhos, e da história incrível, existem muitos puzzles (quebra-cabeças), onde precisamos pensar bastante para poder progredir. 

O jogo possui um objetivo secundário onde você precisa coletar todas as Gem (gemas) espalhadas no jogo para... (descobra hahaha).

Finais:

O jogo possui três finais diferentes, tirando o game over. Apenas um deles é o verdadeiro, se você pegar um dos finais ruins, aparecerá à mensagem afirmando que você pegou um final ruim. 

Não é difícil conseguir o verdadeiro final, se você estiver preocupado em jogar e não conseguir o final.

Baixar ou comprar:

O jogo já teve lançado várias versões do mesmo. Onde em minha opinião, pode deixar mais bonitinho ou mais feinho. 

As versões sempre saem em japonês e em inglês, mas, existe uma tradução em português de uma versão mais antiga, de quando ficou famoso.


Você pode baixar esta versão em português clicando aqui. (Crédito ao Blog Zero Corpse). 

Quem entende Inglês pode comprar na steam a última versão clicando aqui

Gameplay:

Quem não quiser jogar, apenas conhecer a história, eu recomendo assistir os vídeos da PlayerBarbie, ela gravou o jogo.


~Gem~