Palavras de Rua

Título: Palavras de Rua
Páginas: 186
Autor: Felipe Saraiça (cortesia do mesmo)
Ano: 2016
Editora: Pendragon
Adicionem: Skoob
Comprem: Amazon
Sinopse: João saiu de casa ainda adolescente. Fugiu sem se despedir e sem muita coisa na mochila. Deixou para trás suas poucas lembranças, mas levou as marcas do passado e dos golpes que ainda doíam. Partiu sem rumo ou direção. Seguiu por ruas e estradas desconhecidas, até que seu corpo ficou exausto e teve que parar. Ali, dormiu olhando as estrelas em cama de concreto e cobertor de papelão. Acordou outro alguém; morador de rua, sem história, marginal. Tornou-se invisível. Passou a estender a mão e pedir moedas, mas receber em troca chicletes mastigados e olhares de desprezo. Porém, entre rostos desconhecidos e olhares vazios, ele também encontrou a bondade e abrigo daqueles que nada tem.



Oie pessoal! Tudo bem com vocês?

Sei que ando meio sumida, mas vou compensar vocês até porque tem muita resenha vindo por ai e post sobre eventos que participei então não percam e fiquem de olho!

Acredito que vocês se lembram do Felipe Saraiça, ele participou do Projeto Poetas Urbanos aqui do blog e hoje trago a resenha do livro dele.

Sabem quando uma obra tem poucas páginas, mas consegue lhe tocar no fundo da alma, pois é Palavras de Rua faz isso com nós.

A obra é completamente fora da minha zona de conforto, todos sabem como amo uma boa fantasia ou suspense, entretanto de vez em quando saio fora dessa linha e pego algo mais real, mais humano.

Palavras de Rua nos conta a história de João, um ser humano como todos nós, mas que infelizmente achou abrigo muito cedo nas ruas, ele nos mostra por meio do seu cotidiano por assim dizer a violência, até onde as pessoas são capazes de chegar para sobreviver e principalmente aquilo que sempre me deixa muito triste: como o ser humano usa o outro para os seus próprios fins.

Mas também nos apresenta aquele outro lado do ser humano: carinhoso, que vê a bondade onde não se há mais esperança e a fé do dia a dia, de que as coisas ficarão melhor para todos.

Enquanto realizamos a leitura dessa obra e acompanhamos nosso personagem principal, muitas vezes nos pegando pesando que temos tudo e não damos valor, que reclamamos de nossas vidas, mas que por ai tem muitos em situações piores.

O autor conseguiu criar personagens cativantes, mesmo aqueles que aparecem muito pouco, nos fazendo querer conhece-los mais a fundo, nos mostra o dia a dia deles, pessoas que para nós são invisíveis mas que longe de nossos olhos tem suas vidas, suas perdas e principalmente suas histórias.

Tenho certeza que não é de hoje que nos perguntamos o porque daquelas pessoas viverem nas ruas, o porque delas terem ido parar lá e acima de tudo porque elas não saem das ruas, porque não "tentam recomeçar suas vidas longe de lá."

Este livro foi uma leitura de extrema importância para todos, a cada página, capítulo - que por sinal são bem curtinhos, tornando a leitura mais rápida ainda - e poesia, onde o autor demonstra sua sensibilidade ao nos contar a história do João e de todos que o personagem encontra em sua jornada, de parar minutos do seu tempo para escrever uma história que só tem a agregar em nossas vidas.

Que nos faz melhorar como ser humanos e principalmente que nos faz diminuir o ritmo de nosso dia a dia para analisarmos mais de perto a vida dos outros, de tentarmos conhecer a história deles antes mesmo de os julgarmos.

Mas o mais curioso dessa obra é que, sua inspiração veio de uma história real, de uma senhora que o autor encontrou na rua e a partir dai criou o personagem e a história central da obra.

Sei que com certeza, a vida das pessoas que vivem na rua é bem mais complicada do que encontramos nesta história, que muitos não tiveram outra opção e que muito outros encontram uma maneira de sair das ruas e recomeçar.

Entretanto uma obra como Palavras de Rua, nos faz refletir sobre tudo, nos faz parar para prestar atenção ao próximo, mas mais ainda desperta sentimentos durante a leitura que muito poucos livros são capazes de desperta-los.

Eu amei acompanhar a jornada do João, de conhece-lo melhor, tanto a ele quanto a escrita do autor, que é leve, muito bem desenvolvida e principalmente sua narrativa que nos conquista já na primeira página da obra.

Espero muito em breve realizar a leitura de outras obras e histórias do autor e com toda a certeza pararei uns minutos da minha vida a partir de agora para pesquisar e conhecer muito mais dessas pessoas que mutias vezes passam despercebidas de nós!

Quem já realizou a leitura desse livro me contem o que acharam, se tem alguém que trabalha de perto com pessoas moradoras de rua trago seu relato também aqui para nós que amaremos ler!

Fiquem de olho que em breve tem mais!

Até a próxima galera,

Bjs, Nay =D